CINEMA | UM FILME HONESTO – THE TRUTH ABOUT MEN

MOVIE_MAEN

Quando me apresentaram a sinopse de Truth About Men, uma comédia dramática dinamarquesa (isso existe?), lançada no longínquo ano de 2010 e cujo título original é Sandheden om Maend, eu descartei. Imediatamente. Até aquele ignóbil momento, nada na obra do diretor Nikolaj Arcel havia conquistado a minha atenção. Quem diabos é Nikolaj Arcel?!

E em um dia qualquer, castigado pelo sol que condena a cidade, alguém de muita estima se aproximou para me confidenciar que Truth About Men é inexplicavelmente a história da minha vida. Isso é assustador. Como a minha breve vida, com míseros 32 anos acumulados, poderia estar caracterizada em uma provável comédia romântica previsível? Imediatamente eu tratei de assistir a obra sincera de Nikolaj Arcel.

Eu gostaria de antes de ressaltar qualquer detalhe sobre o filme, e talvez sobre a minha própria vida, um ou dezoito pontos que muito me agradaram na obra de Arcel. A primeira delas é a honestidade. Truth About Men não possui estrelas hollywoodianas perfeitas, cuja beleza sobrenatural incita a cobiça do espectador pela fixação material sobre um par de pernas perfeito, ou um abdômen definido. No filme dinamarquês todos são reais, ao ponto do protagonista Mads, interpretado pelo enigmático Thure Lindhardt, ser provavelmente a pessoa mais feia de toda Dinamarca. Em resumo, são pessoas normais, que aproximam o espectador a uma realidade mais provável e menos fantasiosa. Não existem príncipes ou princesas da Disney, assustadoramente bem vestidos em seus indescritíveis castelos celestiais. Tudo é real.

SOM_poster_int_B.indd

Creio que seja também necessário destacar a perspicácia de Arcel, ao inserir diversas tramas paralelas fictícias dentro da própria ficção. Em Truth About Men, você terá o privilégio de conhecer um pouco da fantasia animada de Arcel, assim como uma tediosa série policial contemporânea, um exemplo claro de entretenimento enlatado, pronto para ser servido ao grande público. A crítica sobre o papel e a necessidade da arte, será um tema constante em Truth About Men, mas limitado a um paralelo simbólico quando comparado à história principal, sempre apresentado por meio de pequenos fragmentos mascarados pela dúvida e a lucidez do protagonista. Sem dúvida genial.

A sinopse de Truth About Men resume-se na crise existencial do homem contemporâneo. Mads tem 37 anos e trabalha como roteirista de televisão, mas já viveu um breve período de sucesso no cinema, onde acredita habitar obras de valores mais nobres. Seu relacionamento é estável, e ao completar 10 anos de união, a sua noiva deseja um filho. Mads encontra-se em dúvida. Questionando a felicidade presente em sua vida, ele decide abandonar tudo, e iniciar um novo recomeço simbólico, respeitando valores surreais de quando tinha apenas 17 anos.

É óbvio que muitas das escolhas de Mads são equivocadas. E muitas mulheres vibrarão em relação ao seu destino emocional, mas elas certamente compreenderão o aflito coração desta nova geração de homens, cuja insatisfação óbvia em suas vidas torna-se clara apenas diante de qualquer grande decisão, e o débil julgamento precipitado pode resultar em um irreversível erro.

No cartaz de divulgação do filme dinamarquês é possível ler uma pequena referencia notória, indicando que trata-se de uma comédia não muito romântica. Honesto. E definitivamente real, como a vida fora da ficção de fato é. Recomendo este filme com os olhos fechados.

Sobre a minha vida, eu garanto que tudo o que você deveria saber já está escrito.

<20|15>

Você também é parte do MESSCLA! Gostou da coluna? Ajude a nossa multiplicação! Curta nossa página e compartilhe nossos posts!

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s