MÚSICA | A NOVA OBRA VISUAL DO GRUPO PINEGROVE

 

Formada em 2010 no estado de New Jersey, o grupo Pinegrove é conhecido no circuito indie universitário americano devido a sua construção de melodias sensíveis, a adoração da atriz Kristen Stewart, fã declarada do grupo, ela possui uma tatuagem em referência a banda e é frequentemente fotografada vestindo uma camiseta do grupo, e por fim (prepare-se), um escândalo sexual envolvendo o vocalista do grupo, Evan Stephens Hall, durante as milhares de denúncias registradas durante o movimento #metoo em 2017 e 2018.

Um breve esclarecimento. O vocalista Evan Stephens Hall teve ao longo dos últimos anos relacionamentos com fãs e com membros de sua equipe de trabalho durante as turnês do grupo Pinegrove. Um dos casos denunciado ao movimento #metoo, declarava que devido a influência do músico em seus envolvimentos amorosos, na posição de ídolo ou de chefe de turnê, ele deveria ser reconhecido como um opressor sexual, principalmente por exercer forte influência frente as suas parceiras sexuais. Em um dos casos relatados na época, descrevia que o músico se envolveu com uma mulher comprometida durante uma turnê da banda, iniciando assim um triangulo amoroso que resultou na frustração de todos os envolvidos. E para esclarecimento final, mesmo diante da retratação pública do vocalista e o cancelamento da turnê da banda em 2017/2018, nenhuma acusão contra Evan foi efetivamente registrada e investigada, as denúncias de acusação contra o músico resumiram-se em apenas registros anônimos publicados on-line.

Sendo assim, o grupo decidiu por um breve momento de reflexão e afastamento da mídia. O nome reconhecido como promissor em 2018, durante a divulgação do álbum Skylight, havia até então desaparecido por completo.

O ano de 2020 foi em parte um novo recomeço para o grupo. Reunido em sua casa de campo, a banda produziu e lançou o ótimo (mas quase invisível) álbum Marigold, uma obra cuja repercussão crítica apesar de positiva, ainda era visivelmente afetada pelas denúncias sexuais divulgadas contra Evan em 2018. Determinado a reconstruir a sua reputação e reconquistar o seu título de banda promissora, o grupo divulgou nas primeiras semanas de 2021 o seu nome projeto, o álbum/filme Amperland, NY.

Com o objetivo de reintroduzir o grupo na cena e no alcance do radar da mídia musical, o grupo produziu um espetáculo animado e alucinante, onde celebra as canções de seus dois últimos álbuns em performances ao vivo, realizadas na casa utilizada como sede e estúdio de gravação pela banda.

O resultado é um trabalho delicioso e muito bem elaborado, suficiente para reconquistar o orgulho e atenção de seus fãs, e principalmente da crítica. Um trabalho que, se ignorado em 2020, merece a nossa atenção em 2021.

Destaque para as canções “Dotted Line”, “Sunday”, “Pelling Off the Bark” e “Phase”, entre os 21 registros disponíveis e devidamente apresentados visualmente em sua obra visual.

Lembrando que “Dotted Line” já encontra-se obviamente adicionada em nossa incrível playlist no Spotify, portanto mantenha-se atualizado e torne-se um de nossos incríveis seguidores.

AVALIAÇÃO:

<20|21>

Você também é parte do MESSCLA! Gostou da coluna? Ajude a nossa multiplicação! Curta nossa página e compartilhe nossos posts!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s