CINEMA | PROJETO X – A MELHOR COMÉDIA DE 2012

E a melhor e mais original comédia deste ano se chama Projeto X.

Essa afirmação pode soar pretensiosa, afinal, estamos apenas em junho e muito ainda deve acontecer, mas eu lhe garanto que nenhum outro filme do gênero deve se aproximar do efeito causado pelo lançamento de Projeto X.

Primeiro ponto, o roteiro é simples. Apesar de inicialmente soar juvenil, ele consegue conectar todas as faixas etárias acessíveis ao filme. Esqueça uma trama complexa, repleta de reviravoltas ou referenciais atemporais, em Projeto X a história se desenvolve junto a um grupo de amigos disposto a organizar uma inesquecível festa de aniversário. O objetivo está claro e simples desde o início, mas para o pequeno grupo de protagonistas o maior desafio é conceber o que de fato é, ou deve ser, a maior festa de todos os tempos.

Segundo ponto, inovação no formato. De fato não existe uma revolução na produção de Projeto X, mas sua concepção de formato utiliza a técnica de falso documentário, muito utilizada em gêneros de terror e suspense após o sucesso de A Bruxa de Blair, agora aplicada com maestria no humor. A montagem é dinâmica e a qualidade indiscutível, o filme ganha velocidade no decorrer da trama e não desacelera até a sua conclusão épica. Para os custos de produção, baixíssimos para o padrão Hollywood, o filme já garantiu uma bilheteria suficiente para uma continuação.

Terceiro ponto, ação e reação. Desde que foi lançado no mercado norte-americano, Projeto X tem recebido críticas negativas de grupos conservadores, que acreditam que o filme promove a realização de festas irresponsáveis e perigosas. Para a infelicidade do conservadorismo norte-americano as criticas se transformaram em publicidade, atraindo mais público para a obra do diretor Nima Nourizadeh. Além de polêmico, Projeto X inspira uma onda de festas virais nos Estados Unidos, promovidas por fãs que procuram imitar o filme que carrega em sua essência a receita para uma festa perfeita, mas que infelizmente não possui garantias de um final feliz no mundo real.

Quarto ponto, o final é feliz. E provavelmente você vai se sentir seriamente tentado a organizar um festa na próxima semana. Lembre-se de me convidar.

<20|12>

Você também é parte do MESSCLA! Gostou da coluna? Ajude a nossa multiplicação! Curta nossa página e compartilhe nossos posts!

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s