CINEMA | NOS BASTIDORES DE UM CLÁSSICO ABSOLUTO

O filme Psicose é sem dúvida uma obra prima absoluta e um marco na história do mestre Hitchcock. Sua produção é igualmente audaciosa e surpreendente, desafiando a aprovação do estúdio Paramount frente a um projeto perturbador, baseado em uma série de crimes reais.

Inspirado na obra biográfica de Stephen Rebello, a tradução cinematográfica do diretor Sacha Gervasi resulta em um trabalho elegante e exageradamente simpático, considerando a encarnação caricata de Hitchcock por Hopkins, e contemplando a excepcional interpretação de Helen Mirren e Scarlett Johansson em atuações exemplares.

Determinado e hipnotizado pela trama de Psicose, Alfred Hitchcock desenvolve uma trama única e desafiadora para o pudor de sua época, reunindo atuações exemplares e se responsabilizando pelos custos e riscos de sua nova ambição cinematográfica.

A contemplação do diretor Gervasi disseca os bastidores de uma das maiores obras-primas da história do cinema, respeitosamente registrando a acidez perfeccionista e excêntrica do mestre Hitchcock, pontuado pela sua lacônica obsessão por potenciais divas hollywoodianas, e uma desconfortável desconfiança de infidelidade que afetavam o seu casamento na época.

Sem dúvida um registro obrigatório para os fãs de cinema, em um excepcional registro fascinante de um dos mais desafiadores bastidores do cinema. Recomendo.

<20|13>

Você também é parte do MESSCLA! Gostou da coluna? Ajude a nossa multiplicação! Curta nossa página e compartilhe nossos posts!

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s